Crie sua conta agora mesmo

e comece a administrar  sua empresa

com o MarketUP.

Abrir um e-commerce: confira o passo a passo

Como abrir um e-commerce do zero: confira aqui

Estar no digital e nas plataformas virtuais já não é nenhuma novidade, mas sim uma necessidade, principalmente para as lojas. Com um mercado cada vez mais competitivo, no qual cada venda vale muito. Mas como criar um e-commerce do zero? Preciso pagar algo? 

 

A MarketUP fez um passo a passo com tudo o que você precisa saber para abrir o seu e-commerce do zero e começar a vender pela internet.

 

Como abrir um e-commerce do zero: o passo a passo

 

Passo 1: obtenha um domínio

 

Sabem quando falam que o primeiro passo é o mais importante? Então, quando o assunto é como abrir um e-commerce do zero, essa famosa frase também é verdadeira. O domínio não é nada mais nada menos que o site, ou seja, o código que as pessoas vão digitar para ir diretamente para a sua página.

 

E atenção, antes de tudo, confira que o domínio que você deseja já está em uso. Pressupondo que não esteja, aí partimos para a segunda parte que é a compra do domínio.

 

Os domínios e a manutenção dele custam sim, uma quantia em dinheiro, mas os valores são bem acessíveis. Com o sistema da MarketUP, você consegue pegar um domínio totalmente de graça fornecido pelo próprio sistema. Caso você já tenha um domínio comprado, é possível também integrá-lo gratuitamente.

 

Passo 2: escolha a plataforma de e-commerce

 

Agora que você já tem o seu domínio e sabe que ninguém vai usar mais, é a hora de escolher a plataforma de e-commerce que mais combine com os seus objetivos de venda e com o seu bolso.

 

Mas para que eu vou querer uma plataforma de e-commerce? Através delas é que você consegue gerir as vendas, catalogar novos produtos, estabelecer preços e promoções, além de conseguir integrar as formas de pagamento.

 

Com a MarketUP, você pode integrar ao seu e-commerce as principais formas de pagamento do mercado: cartões de crédito, débito, boleto bancário, pix e até boleto parcelado.

 

Isso tudo de graça, ajudando ainda mais na gestão do seu e-commerce e na saúde financeira da sua empresa.

 

Passo 3: defina a identidade visual da sua marca

 

É mais que importante que as pessoas reconheçam a sua empresa, saibam em que lugar ela está comprando o produto, para isso, nada melhor do que a identidade visual.

 

Use e abuse da escala de cores do seu logo, use gatilhos visuais e personalize o site todo. No sistema da MarketUP você consegue editar todos os cantos do seu e-commerce, deixando todo o site com a cara do seu negócio.

 

Mas cuidado com o abuso de cores e excesso delas. O seu site não precisa parecer uma alegoria de carnaval e os destaques são os seus produtos.

 

Caso você opte por um trabalho terceirizado de um profissional de T.I ou de um design, também é possível integrar o site com os designs produzidos sem problema algum.

 

Passo 4: suba os seus produtos

 

Agora que o seu domínio e todo o design do seu e-commerce está pronto, chegou a hora principal: subir os seus produtos no site. Para isso, é preciso de muita atenção e muito capricho. Afinal, eles são a estrela do e-commerce.

 

Primeiramente a foto: nada de tirar aquelas fotos sem foco ou visivelmente amadoras. Crie um ambiente para tirar as fotografias dos produtos, tire os mais diversos ângulos (para o cliente poder ver todo o produto), brinque com a iluminação e com o cenário.

 

Contratar um fotógrafo não é uma má ideia nesse passo. Pense bem: se a loja é virtual, a única avaliação que o cliente terá do produto será pela foto, então é algo que precisa caprichar.

 

Fotos feitas, chegou a hora da descrição dos produtos e também é muito importante que elas sejam bem feitas. Alguns tópicos para serem abordados são: de que material seu produto é feito? Ele é composto do que? Qual a função dele? Quais são seus diferenciais?

 

São perguntas que devem ser respondidas para que, além de uma boa imagem, façam com que o cliente se sinta mais seguro para comprar o produto. Caso você não seja bom com as palavras, existem diversos redatores que fazem esse trabalho.

 

Uma boa imagem atrelada a uma boa descrição tornam o produto muito mais atrativo, além de que os algoritmos do Google também ranqueiam melhor o seu produto nas páginas deles. Ou seja, ele aparecerá mais facilmente quando alguém pesquisar.

 

Passo 5: invista em mídia sociais e mídia paga

 

Pronto, agora você tem um e-commerce pronto e totalmente integrado, através do sistema da MarketUP! Parabéns! Porém, infelizmente, os clientes não vão cair do céu.

 

Para conseguir atrair mais clientes novos e conseguir construir uma relação com eles, é preciso investir tanto em mídias sociais (como forma de mostrar os seu produtos por outros ângulos, falar de promoções, sobre a empresa), mas também em mídia paga, para dar um “empurrãozinho” no número de acessos e visitantes.

 

E lembre-se que todo o processo de construção e consolidação de um e-commerce é longo. Então não espere um boom de vendas logo no primeiro dia com ele no ar. A constância é a alma do sucesso de um e-commerce.

 

Concluindo…

 

É mais que necessário ter um e-commerce e estar presente no mundo digital. Abrir um e-commerce do zero pode parecer desafiador, mas é simples, desde que você tenha os serviços que andam ao seu lado.

 

Com a MarketUP, você consegue desde criar o seu domínio até gerenciar as suas vendas e produtos, tudo em um só lugar e o melhor: totalmente de graça.

 

Leia mais 

 

Se quiser mais dicas sobre o mundo da gestão de negócios, confira estes outros artigos:

 

 

Gostou do conteúdo? Fique de olho no Canal PME para entender mais sobre todos os principais temas do mercado e conhecer em primeira mão as novidades da MarketUP

 

Aproveite também para seguir a MarketUP nas redes sociais agora.

 

Compartilhe!